Dicas de Estudos para Concursos -pag.:26
8) Véspera da Prova
Bem, aqui vou discordar de alguns colegas.
Eu necessito muito estudar na véspera da prova.
Claro queo é para aprender mais coisas novas, e sim para rever as marcações mais
importantes, ler as leis secas e a CF e decorar fórmulas.
Lembro que o Rodrigo Luz, meu colega de turma de faculdade (Informática-UFRJ-89),
excelente professor, escreveu que era para cada um comer uma bela barra de chocolate e não
estudar nos 2 dias antes da prova, se não me engano.
Eu tive que rir (prao chorar) quando li isso.
porque estava comendo 5 barras de 200g de chocolate por semana desde o edital (e
emagreci 3 Kg nesses 2 meses, após ter emagrecido outros 4 antes do edital e quem me
conhece sabe que sou magro, cambito mesmo), e depois porque era sem chance eu sair de
casa.
Tinha que rever o principal e as fórmulas.
Não sairia de casa nem por decreto.
E dou um exemplo do meu sucesso nisso: quando cheguei em casa após a prova de sábado,
arrasado, porque sabia que tinha ido mal (e fui mesmo, tirei praticamente as piores notas de
quem passou aqui para MG em Dir Const e Dir Admin - e não esperava por isso, achei que
iria bem nessas), tomei um banho, chorei de desespero e descansei por uma hora as jantar.
Sentei e li toda a parte da CF sobre Dir Previdenciário e as fórmulas de estat e mat fin.
Gastei umas duas horas nisso e fui dormir (pelo menos tentar).
Resultado: fui uma das 5 pessoas das mil aprovadas que gabaritaram Dir Previd e tirei 13 em
estat e mat fin, a maior nota da minha região.
E antes que venham me falar que essa decorada de véspera não foi importante, eu falo que foi,
e muito.
Principalmente da parte da CF que li para previdenciário.
Como minha memória ROM é péssima, eu sinto necessidade de ler as decorebas na véspera.
Na véspera da prova de sábado eu ia ler as partes da CF que falavam sobre saúde e
previdência, que não lia dias.
Resolvi o ler porque achei que isso só iria ser cobrado na prova de Dir Previd no domingo,
Dicas de Estudos para Concursos -pag.:27
e eu deixei a leitura então pro bado após a prova.
Resultado: errei todas as que apareceram sobre isso na prova de Dir Const, queses com a
íntegra da CF, e me safei em Dir Const porque acertei as 4 que caíram sobre Controle de
Constitucionalidade, que tinha revisto na véspera e precisam mais de raciocínio e menos de
decoreba.
Antes das anulações eu tinha acertado 9, bati na trave.
Se eu tivesse lido essa parte da CF na 6ª feira, certamente eu teria acertado mais algumas e
teria sido o 2º ou 3º na minha região, e não o 6º, por causa de Dir Const.
No meu caso, essa diferença na colocação seria bobagem, porque escolhi onde sempre quis
trabalhar sem problemas (Confins), mas e se não tivesse passado no concurso por uma ou
duas questões?
Quando li essa parte da CF no sábado à noite fiquei revoltado por notar que tinha errado tudo
na prova, fora o medo de não ter feito o mínimo, mas serviu para eu acertar tudo em Dir
Previd no dia seguinte.
Não estou falando aqui para a pessoa se matar de estudar na véspera, não é isso, é para
estudar algumas horas para rever o principal.
Não vá para prova sem REVISAR/DECORAR as fórmulas na véspera.
Não vá para prova sem REVISAR/DECORAR as fórmulas na véspera.
Na véspera eu gosto de colocar alguns finais de filme que tenho aqui e que me dão mais garra:
Homens de Honra, Rocky 3, Dois Filhos de Francisco etc.
Logicamente, esses filmes variam de uma pessoa para outra.
Assisti a uns 5 finais desses, durante umas duas horas.
E me fez ganhar uma boa raça e energia pro dia seguinte. Foi muito bom.
Essa história dos filmes nunca mais deixarei de fazer.
Cuidado com sua saúde nas semanas anteriores à prova.
Tome cuidado com friagens, água muito gelada, comida em local desconhecido etc.
Nas 3 semanas anteriores ao concurso do AFTN eu caí de cama, com garganta inflamada.
Tomei 3 séries de antibióticos e nada de melhorar.
Melhorei na véspera da prova, mas além de ter feito a prova em condões ruins, muito fraco
ainda, não consegui estudar nas 3 semanas anteriores à prova.
E não passei, tudo por causa de um belo dia que para espairecer um pouco fiquei na praia até
de madrugada batendo papo com os amigos, na friagem.
Bem, isso é mais uma das antigas desculpites minhas que falarei adiante, mas que aconteceu,
aconteceu, e também contribuiu para eu não passar naquele certame.
Mas xô, desculpite!
Dicas de Estudos para Concursos -pag.:28
9) Local de Estudo
O mais silencioso posvel, sem música e sem telefone.
Se gostar ou conseguir aturar, dizem que música erudita, tipo Bach etc faz bem pro estudo.
Mas não estude com música cantada, principalmente nacional, rock etc.
Como eu gosto mesmo é de Pink Floyd e Iron Maiden, e não aturo música cssica, não
estudo ouvindo nada.
Use um suporte para colocar o livro inclinado.
Você terá muito menos dor no pescoço e nas costas.
Aquele de madeira para bíblia tamm serve.
O que eu comprei foi ligando para esta empresa: www.lectorbrasil.com.br
No site você vai ver um que é mais para quem deitado, mas eles posssuem o que eu
comprei, como estes de bíblia, para colocar em mesa.
Este outro deles de cama tamm é muito legal, mas é pedir para dormir, e é bem mais caro.
Não estude com o livro deitado em cima da mesa, você vai render muito menos quando as
dores vierem.
E de sentir dor ao estudar eu entendo.
Passei as últimas 3 semanas antes da prova à base de antiinflamatório e dorflex.
Sou todo ferrado da coluna uns 10 anos.
Se sua casa for barulhenta, procure alguma biblioteca de faculdade.
Sente isolado, virado para o canto, para se distrair menos com as pessoas.
Em quase toda faculdade, principalmente pública, a entrada é livre.
Deixe um copo d´água ao lado da mesa e vá bebendo.
Beba muita água, muita gente fica estudando e se esquece disso.
Eu coloquei uma foto do carro que eu queria na minha frente, isso me motivava a estudar.
E pensava também em certas pessoas que eu gostaria de ver a cara quando soubessem que
passei para AFRF, uns por raiva outros por amor.
E como foi bom ver a cara delas.