Dicas de Estudos para Concursos -pag.:22
7) Material de Estudo
Estude basicamente um só livro de teoria de cada disciplina.
Pegue no fórum ou com amigos as dicas de qual o melhor de cada uma, e estude quase
sempre só por eles.
Geralmente são os das editoras Impetus/Campus ou Ferreira, com raras exceções.
As aulas online do ponto também são quase todas muito boas.
Antigamente eu estudava com 3 ou 4 livros abertos em cima da mesa, lia cada assunto em
todos eles.
Isso é horroroso, não faça isso.
Além de você perder tempo lendo a mesma coisa várias vezes, vo não vai lembrar direito na
hora da prova.
Quando você estuda basicamente por um livro, você a questão mentalmente no livro na
hora da prova, volembra a posição daquele assunto na página, isso o ajuda demais.
Quando você usa vários materiais, você perde isso.
É importante você ter outras fontes de estudo, para complementar alguma coisa, mas não
estude também por elas freqüentemente.
Claro que exceções, e vou dar aqui uma: Dir Tributário.
Quem começar a estudar isso pelavez, recomendo o livro do Borba.
Nada melhor para um 1º contato.
Depois, estude o do João Marcelo Rocha e depois o Manual do VP e do Marcelo
Alexandrino.
Nessa disciplina é importante você estudar mais de um.
Agora, em Dir Const, Dir Admin ou Dir Previdenciário, não acho necesrio.
É um só de base e outro para consulta eventual e rara, e pronto.
Nas duas 1
as
disciplinas eu recomendo sem vida alguma os livros do VP e do MA.
Lembre-se que esta citação de autores pode não mais ser válida.
Cheque, pesquise, atualize.
Não espere que outros façam isso por você.
Eu nunca tinha visto Dir Previdenciário até um mês antes da prova.
Estudei pelas aulas online do Fábio Zambitte do ponto, tanto as teóricas quanto as de
exercícios.
Não vi mais nada além dessas aulas.
Dicas de Estudos para Concursos -pag.:23
E fui um dos 5 dentre os mil aprovados que gabaritaram as 15 questões da prova.
Milhares estudaram um monte de livros, verdadeiras bíblias, fizeram cursinhos etc e tiraram
10 ou 11.
Eu li só uma fonte, rias vezes, e gabaritei.
E foi nessa prova que descontei um pouco de algumas notas baixas que eu o previa em
outras, e me fez conquistar muitas colocações.
A o ser que você tenha muito tempo até a prova, sem perspectiva alguma até a mesma, não
se importe com Alexandre de Moraes, Maria Sylvia, Hely Lopes Meirelles etc.
Mas esclaro: se tiver bastante tempo e souber bem a matéria, leia-os; mas se não for o
caso, esqueça-os.
São excelentes livros, mas quase sempre só para consultas eventuais.
Tem gente que vai estudá-los faltando menos de um mês para prova.
Ou o cara é um Deme da vida e sabe tudo e está se aperfeiçoando ou então, na grande
maioria dos casos, está perdendo um tempo imenso para estudar pela sua fonte de sempre e
revisar tudo dela ou estudar outra coisa.
Outro detalhe importante: fuja de apostilas como o diabo foge da cruz.
Quase sempre o cheias de erros, defasadas, horrorosas.
Com raras excões, raríssimas, elas servem para alguma coisa.
Quase todo mundo quando está começando a estudar compra essas que
vendem em bancas de jornal ou livrarias, achando que o passar com
aquilo.
Depois quando o fazer a prova acham até que entraram na sala para fazer
o concurso errado. Não tem nada do que estudaram na prova.
Quem quer passar para um bom concurso estudar por livros ou aulas online,
que nada mais o do que livros em forma digital.
Para os concursos de NÍVEL SUPERIOR, a observação é
totalmente pertinente.
Porém, para os de nível MÉDIO/FUND., as apostilas podem ser
de alguma utilidade. Mas não se atenha a elas.
Dicas de Estudos para Concursos -pag.:24
Os resumões de MATEMÁTICA/ PORTUGUÊS são legais, e
você DEVE estudar por eles, sempre fazendo muitos exercícios
E é importante baixar e RESOLVER todas, eu disse TODAS as
provas dos 5 concursos anteriores na mesma área que você está
almejando.
E para quem utilizar as aulas online, nunca estude direto na tela.
sono, você não pode fazer marcações, enfim, é horroroso.
Imprima tudo e estude no papel.
Eu sempre imprimi tudo em duas páginas por folha, porque é exagero imprimir uma página
por folha, a letra fica muito grande e gasta papel e tinta à toa, além de ficar muito grosso o
material, dificultando o manuseio (sem trocadilhos, por favor, isso aqui é um texto rio
ehehehe).
Se imprimir duas páginas por folha, o papel sairá na horizontal (não precisa configurar a
impressão para paisagem, já sairá assim automaticamente, é mandar imprimir duas páginas
por folha) e você poderá encadernar depois, reduzindo pela metade a grossura e facilitando
seu manuseio.
A letra ainda ficacom ótimo tamanho para leitura.
entre o edital e a prova recarreguei meu cartucho de tinta 4 vezes.
Não seja pão-duro com materiais.
Por mais que vogaste com livros, impressão etc. no seu primeiro salário você pagatudo
com sobras.
Sei que o dinheiro o está fácil, mas tem gente que fecha a mão para comprar livros e
depois troca de carro, ou numa noitada gasta o preço de 2 ou 3 livros.
Deixe isso para depois que passar, agora é hora de canalizar sua grana pros estudos.
Uma questão que seja que você poderia ter aprendido em algum livro que deixou de comprar
é o bastante para te deixar na pindba ainda por um bom tempo, esperando outro
concurso, que ainda por cima o fará gastar muito mais depois com mais materiais, cursinhos
etc.
Típica economia burra.
Faça marcações nos livros à vontade.
Livros de concurso o temos que ter pena, porque daqui a um ou dois anos estarão
totalmente defasados, não servirão para nada, principalmente os de Direito, pois nossa CF
muda toda semana.
Dicas de Estudos para Concursos -pag.:25
Aliás, algumas livrarias agora que não vendem mais a CF, porque não trabalham com
periódicos ehehehh.
Rabisque, sublinhe, marque com caneta marca-texto etc.
Eu volta e meia quando compro algum livro grosso, de difícil manuseio, mando cortar a
lateral toda e encaderno.
Fica muito mais fácil para estudar depois.
Quem gosta de livro bonitinho é colecionador ou livreiro, o é concurseiro.
Eu tinha um professor que falava que quem tinha livro com cara de novo não passava para
nada, e que acreditava no sucesso de quem tinha livro todo amassado, sujo, rabiscado etc.
E tinha rao, com certeza.
Quando for rever a matéria, leia as marcações e faça os exercícios que você marcou
antes.
Um detalhe: não sei onde li anos atrás, mas pesquisadores renomados provaram que
a única caneta marca-texto que ajuda a memória é a amarela, e ajuda mesmo.
As outras: verde, azul, rosa etc são só para marcar tulos, porqueo ajudam sua memória.
Outra coisa: não faça os exercícios de um capítulo no mesmo dia que o estudou.
A melhor coisa que você pode fazer é, por exemplo, estudar o Cap 1, marcando o principal.
Na próxima vez que for estudar a disciplina, reveja as marcações do Cap 1 e faça seus
exercícios, ou faça direto sem olhar as marcações.
Depois, estude o Cap 2, e assim por diante.
Quando vo faz os exercícios logo após o estudo do mesmo capítulo você terá 2 problemas:
o primeiro é que vo vai se iludir com seu desempenho, você não treinará sua memória e
achará que está sabendo tudo.
Segundo: vo perdeuma excelente chance de rever a matéria dias depois, quando você
esta esquecendo tudo, e perde esse “refresh”.
O ritmo será o mesmo, você gastará o mesmo tempo que fazendo tudo na ordem, mas
assimilará muito mais, porque estará estudando a teoria num dia e revisando-a em outro dia,
ao fazer os exercícios dela.
Essa dica de NÃO FAZER os exercícios de um capítulo no
mesmo dia que o estudou é IMPORTANTÍSSIMA.
"Grave-a em ouro e pendure a placa na porta do seu quarto de
estudos".